Equitação Terapêutica



A Terapia Assistida por Cavalos (TAC) é uma intervenção que associa os conceitos base da equitação clássica com os fundamentos teóricos da reabilitação, cujos contributos se refletem a nível cognitivo, motor, relacional e psicossocial. As suas valências dividem-se em: hipoterapia, equitação terapêutica, equitação desportiva adaptada.

As sessões de equitação terapêutica são individuais ou em grupo (no máximo 6 elementos).

As sessões individuais de equitação terapêutica têm a duração máxima de 20/25minutos e as de grupo 60 minutos, dependendo da disponibilidade (física, psicológica e emocional) e maturidade do utente em questão.

Preferencialmente, a maior parte das sessões decorreram em contexto de picadeiro, mas sempre que a equipa considere que se justifique, outras atividades relacionadas com o contexto equestre poderão surgir no decorrer de cada sessão, sempre tendo em conta o melhor interesse do utente.

A equipa de equitação terapêutica é constituída por técnicos de equitação com fins terapêuticos e com formação especializada nas mais diversas áreas da saúde: psicólogos, fisioterapeutas, etc.

As equipas serão definidas tendo em conta as patologias apresentadas.

Sempre que se justifica a equipa de equitação terapêutica reúne com os restantes técnicos, que acompanham os utentes em outros contextos nos quais estão inseridos e onde frequentam outras terapias, numa lógica de cooperação, e potencialização da reabilitação dos mesmos.

É da responsabilidade do técnico de equitação terapêutica definir o plano de intervenção assim como a equipa que deverá acompanhá-lo durante as sessões.

Neste sentido, a Escola de Afetos em parceria com a Academia Equestre fornece aos seus clientes equitação terapêutica.

Sem comentários:

Enviar um comentário